2005-07-18

Lucky Luke

"Papá, como é que o Lucky Luke, é mais rápido que a própria sombra?", perguntava o rapaz a rondar os 5 anos.
O pai, no esplendor da sua sapiência, lá respondeu: "É porque treina muito!"
Curiosamente este episódio fez-me meditar um pouco sobre as "sombras" que pairam muitas vezes sobre as nossas vidas e que por mais que nos esforcemos, "que treinemos", que perseveremos, por nós próprios, nunca nos veremos livres delas.
Estas sombras que nos perseguem, ocultam-nos o caminho, desvirtuam a nossa percepção da realidade, criando figuras virtuais, formas irreais, conceitos vazios e pressupostos verosímeis mas não verdadeiros.
A única forma que conheço de dissipar essas sombras é através da luz.
A Luz transporta a capacidade intrínseca de dissipar toda e qualquer sombra, todo e qualquer sinal de névoa e opacidade.
Seguir "caminhos de luz", é impossível, se não tivermos a Luz em nós mesmos.

6 comentários:

Paula disse...

De acordo!
E quem será o Pai da sombra? Eu penso que ele, sendo o pai da mentira, quer-nos fazer crer que há sombras que nos perseguem, mas por vezes é mentira.

Margarida Atheling disse...

Verdade...:)

Anónimo disse...

As vezes mais vale tar calado, do que ser inoportuno

Samuel Rezende disse...

Gostei muito do teu blog.

Abraços em Cristo.

era uma vez... disse...

E os irmãos Dalton, quem são?!

Anónimo disse...

Looking for information and found it at this great site...
»