2005-07-28

Manual de instruções

Lembro-me que desde miúdo, nunca fui muito propenso a ler os manuais de instruções dos brinquedos.
"Chegava lá" por tentativas e comparações e a "coisa" lá acabava por funcionar (o empirismo na sua vertente infantil).
Muitas vezes agimos na nossa vida desta mesma forma. Seguimos os tais modelos que fomos aprendendo e se um não funcionar, voltamo-nos para outro, e outro... e outro, até que a coisa resulte!
Tal comportamento enferma de alguma irracionalidade (no mínimo), no entanto é prática diária.
E, se muitas vezes é difícil pôr a funcionar um qualquer electrodoméstico, ou um equipamento de maior sofisticação, muitas vezes torna-se numa verdadeira viagem de montanha-russa, ao seguirmos este método algorítmico, o querermos por a "funcionar" as nossas vidas, na sua dimensão física, emocional e espiritual.
Mas há boas notícias, Quem criou o nosso "mecanismo" também nos deixou um manual de instruções, para permitir uma excelente "performance". Queiramos pois reconhecer a nossa incapacidade e saibamos utilizar esse manual. Então sim, iremos experimentar verdadeira "qualidade de vida".

3 comentários:

Paula disse...

E o manual de instruções é: ama-me, busca-me, conhece-me!

jaime fernandes disse...

Para além do manual, o criador também dá uma garantia vitalícia de qualidade (não é só por dois anos).

Vilma disse...

E um excelente manual de instruções. Acontece que fazemos com ele o que fazemos com os outros manuais... achamos que já sabemos trabalhar com o equipamento! ;)