2006-01-10

Quando os sinos dobram

"Nenhum homem é uma ilha; qualquer homem é uma parte do todo. A morte de qualquer homem me diminui, porque faço parte da humanidade; assim, nunca procures saber por quem dobram os sinos: eles dobram por ti. "
— John Donne

5 comentários:

Lagoa_Azul disse...

...e que eu os consiga ouvir dobrar sempre, ou se prepétuara na memória o que fui...

Beijos com carinho.

JOINCANTO disse...

É uma grande verdade.

Mas existem umas ilhas que nos são mais próximas que outras.
Por essas os sinos tocam mais forte.

Ver para crer disse...

Fazemos parte de um todo: a humanidade. Por isso dizia com razão Santa Teresa: «um homem que se eleva, engrandece a humanidade».
E o que se rebaixa, apouca a humanidade, diria eu.
A amizade engrandece, o ódio ou indiferença diminui.

Em contra-corrente disse...

«Prefiro lidar com cães do que com homens», ouço dizer por vezes.
Mas este post e seus comentários ajudam-me a perceber que estamos todos no mesmo barco e fazemos parte da mesma família: a humanidade.

Caros Amigos disse...

É esse mesmo o nosso Destino Século XX!!!!