2005-05-16

E Pluribus Unum

Vá lá, vá lá, não sejam maus perdedores e dêem os parabéns ao Benfica.

Como benfiquista, apenas posso estar contente pela vitória frente aos 'lagartos'. Embora convenhamos que, ao Sporting exigia-se naturalmente mais!
Esperemos que os jogadores e o club na sua globalidade, façam jus ao seu lema: "E pluribus unum", o que significa qualquer coisa como "de todos, um", ou "um, entre todos".

Curiosamente, verifiquei que nunca tinha reflectido muito sobre este lema do meu club. Este mesmo lema, encontra-se noutras instituições, nomeadamente relacionado com a fundação dos Estados Unidados da América, traduzindo um sentimento de unidade e integração.
E é este ideal, que gostaria hoje de realçar: a unidade.
Cada vez mais os esforços de unidade, têm sido esmorecidos por factores de desagregação e exclusão.
O Homem, como ser único e inigualável, detêm uma capacidade em si próprio exponencialmente produtiva e simultaneamente destrutiva.
A sua preservação, só poderá ser bem sucedida se tiver como base a unidade.
Portugal, enfrenta presentemente problemas estruturais graves, que abrangem não só factores economicistas (de crescimento, de redistribuição de riqueza, de competitividade), mas também de desarticulação social e espiritual.
Importa estabelecer um desígnio nacional, por forma a que o legado que deixarmos para as gerações futuras, seja um legado positivo e de alcance nas diversas áreas da componente humana, privilegiando a unidade na diversidade, repeitando as idiossincrasias próprias do indivíduo.

Como é que tal é possível? Pelo desenvolvimento a que chamaria de uma "cultura de amor" e não de competição. De integração e não de rivalidade ou "ostracização".

Quando olhamos para o nosso semelhante, que vemos nós? Um competidor de nós mesmos, ou alguém aquém devemos "abraçar".
Ideais "demodés"? Não me parece, contra a corrente... concerteza!



"Procurai conservar a unidade do Espírito, por meio do vínculo da paz..." in a " Bíblia"

1 comentário:

JOINCANTO disse...

Parabéns pela vitória!
"E pluribus unum!"