2005-11-28

Expressões de amor

Uma das necessidades básicas que cada um de nós tem é a necessidade de aceitação.
Precisamos de ser aceites na família, no grupo de amigos, na organização a que pertencemos, por mais "eremita" que nos consideremos.
Esta necessidade de aceitação traduz-se na criação e desenvolvimento de afectos e na criação de sistemas de partilha.
Na sua essência, não é mais do que uma expressão egoísta, mas absolutamente essencial.

No entanto a aceitação que exigimos aos outros, nem sempre a oferecemos nós aos demais. Aliás, grande parte das nossas decisões são orientadas sobretudo para a rejeição.

Se conseguissemos estabelecer uma escala para quantificar o grau de rejeição de determinada circunstância, decerto concluiriamos pelo estabelecimento de uma relação de proporcionalidade directa entre a rejeição e o "valor" do objecto rejeitado. Ou seja, quanto mais alto o "preço", maior a rejeição!

No Natal que se aproxima, que a aceitação seja a característica de cada um de nós. Afinal de contas, o Natal é acima de tudo a expressão de uma "oferta" de amor. Saibamos pois recebê-lO como tal.

4 comentários:

JOINCANTO disse...

Gostei.
"Melhor dar que receber"

Lagoa_Azul disse...

Especialmente saber dar os afectos a quem mais precisa nesta época natalicia, um carinho , um sorriso , um abraço, não custa nada e é tão gratificante e reconfortante...

Vilma disse...

Gosto muito de dar .. e confesso, lido muito mal com a rejeição! Excelente texto !

jaime fernandes disse...

Boa refexão! Como filhos de Deus, saibamos seguir o Seu exemplo. Exijamos menos para dar mais! Deus te abençoe.